sábado, 1 de setembro de 2007

Sem Você Amor

O valor, que possuis, e imenso
Fico a pensar, e muito mais a me apaixonar
Cada vez mais, mais quando vejo,
O brilho especial dos teus olhos.

Imagino e reporta a mim o sorriso.
Os teus beijos quentes e saudáveis.
Teus abraços.
Os carinhos alternativos.

Tuas mãos que tanto segurei.
Mãos que a mim disse adeus.

Um dia senti teu coração bater.
Vi você chorar... vi você cantar.
Esperei você voltar... Esperei você!

Em tantos momentos, lembranças,
De pontos de marcas.
Marcas históricas de encontros.
Lugares onde vivemos doces momentos.

Onde as vezes permanecemos horas.
Faz sonhar.
Faz esperar.
E muito mais.

Pensar sem você amor.
Impossível viver.
Eu amo você!

Elio Candido de Oliveira

Um comentário:

Myller disse...

Nem sempre olhamos para o lado. Com olhos voltados para a amizade fraterna. Sandra este texto meu e obra divina. E voce o eterniza. Obrigado.